Arquivo da categoria: Saúde

Diferenças entre Herpes Simples e Herpes Zoster

Se você tem pesquisado sobre o herpes e anda em dúvida sobre as diferenças do herpes simples e herpes zoster, não se preocupe. Neste artigo iremos explicar de um modo simples, quais são as diferenças entre eles, e como eles podem ser evitados e tratados.

De pronto, adianto que ambos, o herpes simples e herpes zoster, são vírus que provocam infecções, na grande parte com o surgimento de bolhas, úlceras e vermelhidões, mas, os contágios são diferentes. Saiba mais sobre o assunto.

Herpes simples

O herpes simples, que pode ser tanto o herpes tipo 1 (labial) como o herpes tipo 2 (genital), é transmitido pelo contato físico. No caso do herpes labial, o contágio pode se dar através do beijo ou compartilhamento de copos e talheres com uma pessoa infectada. Já no caso do herpes genital, a transmissão se dá através da relação sexual, não protegida, ou seja, sem o uso de camisinha.

Geralmente o herpes simples é localizado, provocando sintomas apenas na área do contágio, e esses sintomas podem ser:

  • Vermelhidão;
  • Dor e ardência;
  • Coceira;
  • Surgimento de bolhas, que posteriormente se tornam úlceras;
  • Febre e mal-estar;
  • Ínguas na virilha, no caso do herpes genital;
  • E ardência ao urinar ou defecar, também no herpes genital.

Herpes zoster

O herpes zoster é o conhecido vírus da varicela, também famoso pelo nome de catapora. Ele geralmente ocorre na infância, mas também pode haver o contágio na fase adulta. Normalmente, quando se pega esse vírus também através do contato físico, os sintomas se manifestam apenas uma vez. Após, o vírus morre, e a pessoa se torna imune a um segundo contágio. Apenas em casos muito raros, o vírus do herpes zoster permanece latente, alojado em gânglios, e eventualmente depois de muitos anos ele pode se tornar ativo novamente, causando pequenas bolhas e dores.

Os sintomas do herpes zoster são muito parecidos os do herpes simples, exceto os sintomas relacionados somente ao tipo 2 do vírus, o genital. Se você quer saber mais sobre as diferenças entre o herpes simples e herpes zoster assista este vídeo onde o Dr. Ricardo S. Rosa, dá maiores informações:

Tratamentos para o herpes simples e herpes zoster

A melhor maneira de não sofrer com os problemas e incômodos que o herpes simples e herpes zoster podem causar, é prevenindo o contágio do vírus. Quando ele acontece, o tratamento se dá através de medicamentos antivirais e pomadas que aliviam os sintomas como a coceira e a ardência, também vale a pena seguir o tratamento do Protocolo Definitivo Para Acabar com Herpes.

No caso do herpes simples, uma vez que a infecção do vírus ocorreu, o vírus não morre, e pode manifestar seus sintomas por toda a vida da pessoa. Geralmente, suas recorrências acontecem quando o sistema imunológico sofre uma queda, ou a pessoa se encontra muito estressada. Em casos de surtos mais brandos, não há a necessidade de fazer uso de qualquer tratamento, e os sintomas desaparecem em poucos dias.

No caso do herpes zoster, igualmente em manifestações mais amenas, não existe a necessidade de tratamento, somente em casos mais graves, onde as dores e incômodos são muito extremas. A diferença é que em sua grande maioria, o vírus se manifesta apenas uma vez e morre, tornando o paciente imune a ele.